Roteiro sul da Alemanha e Áustria

Nos últimos dias de abril recebemos amigos aqui em casa e apoveitamos a boa companhia para curtir  uns dias de férias (27.04 a 08.05). Fomos a lugares maravilhosos e vou contar aqui quais foram as nossas escolhas para roteiro.

E o nosso roteiro escolhido foi:

Mapa com roteiro para cidades de Munique, Königssee, Salzburgo, Hallstatt e Viena


Para essa viagem nós optamos por alugar um carro para 6 lugares. Apesar do transporte público ser suficiente para chegarmos em todos os destinos escolhidos, que foi inclusive nossa opção para bate e volta aos castelos Neuschwanstein e Hohenschwangau, ir de trem nos custaria um pouco mais de tempo (aproximadamente o dobro) para chegar até as cidades de Berchtesgaden (onde fica o Königssee) e Hallstatt por exemplo.


Munique

Se quiser dicas de passeios por Munique e arredores é só dar uma olhadinha nessa página aqui.


Castelos Neuschwanstein e Hohenschwangau

Fizemos um bate e volta saindo de Munique usando transporte público, super tranquilo e dá pra aproveitar bem o dia mas lembre-se de ficar de olho no horários dos últimos trens da volta para você não correr o risco de ficar sem ter como voltar!

Eu já estive por lá algumas vezes nos últimos anos, mas foi a primeira vez que fiz esse passeio numa época que não fosse verão. Estivemos nos castelos no dia 29.04.17 e apesar de estarmos pouco mais de 1/3 avançados na primavera, ainda estava frio e com neve.

Vou escrever um post sobre como foi passear por lá nesse época e depois colocar o link aqui pra vocês, vou falar também sobre o museu em homenagem aos reis da Baviera, foi a primeira vez que eu fui.

Para mais informações e dicas sobre os castelos, dá uma olhada nesse post Aqui! e nesse Aqui!

E não esquece de dar uma olhada no post da nossa visita aos Castelos no início da primavera.


Lago Königssee

Nossa primeira parada saindo de Munique foi em Berchtesgaden, onde fica o Königssee, o trajeto dura aproximadamente 2h se você for de carro e por volta de 3:30h se você optar por chegar lá usando transporte público. Nós passamos do dia 30.04 ao 01.05 na cidade.

A primeira vez que fui ao lago era um dia bem quente de verão no meio do mês de agosto/2015 e eu contei sobre o nosso passeio com informações sobre como chegar, passeios de barco e estacionamento.

Ainda vou escrever e postar Escrevi ainda um post sobre como foi a experiência de ter visitado o lago pela segunda. Dessa vez fomos durante a primeira metade da primavera, e por se tratar da região dos Alpes, ainda estava um pouco frio, tendo nevado poucos dias antes da nossa chegada.

Também vou contar sobre a experiência de ter visitado uma antiga mina de sal, explorada por mais de 500 anos... e contando...


Königssee
Königssee na primavera


Salzburgo

Foram 40 min de viagem entre Berchtesgaden (ainda na Alemanha) e Salzburgo (Áustria), bem pertinho, com boas curvas. Nossa estadia foi agendada via airbnb numa distância a pé do centro histórico entre os dias 01.05 a 03.05.

Bom, apesar de nunca ter contado aqui no blog, foi a minha segunda estada na cidade de Mozart. Cidade linda, em que você consegue fazer tudo a pé já que boa parte do centro da cidade não permite a circulação de veículos.

A cidade respira história e música, além de ser muito charmosa. Vale cada cantinho! (imagino que tenha sido fácil concluir já que estive lá pela segunda vez!)  :)

A minha primeira e segunda visitas foram completamente complementares já que na primeira fiz o tour do filme "A noviça rebelde" (amo!!) praticamente inteiro gravado na cidade de Salzburgo e a segunda pude finalmente conhecer as casas de Mozart, que por algum motivo estavam fechadas na primeira ocasião.

Mapa e anotações para roteiro Alemanha e Austria

Hallstatt

1h e 15min separam Salzburgo de Hallstatt, cidadezinha encrustada nos Alpes, na beira de um lago homônimo, cenário de conto de fadas e tombado pela UNESCO como patrimônio da humanidade. Ficamos hospedados por uma noite, do dia 03.05 ao 04.05.

Pra mim, aliás, acho que posso me corrigir e falar de forma generalizada nesse caso: para NÓS, foi a grande surpresa da viagem pois logo que colocamos os pés naquele lugar, nos arrependemos de ter programado uma estadia tão curta... suficiente... mas curta.

A dificuldade e preços mais salgados na hospedagem e enjoo nas curvas são facilmente ignorados assim que a gente chega lá. Cada cantinho um cartão postal. E esse passeio vale um post só pra ele!


Viena 

Chegar ao nosso último destino nos rendeu 4h de estrada. A primeira hora de trajeto descendo os Alpes com curvas em S foram desafiadoras pra quem enjoa com facilidade ou não. Se eu puder dar uma dica: não faça esse trecho após as refeições! hahahaha

Ficamos hospedados por 3 noites na cidade do dia 04.05 a 08.05 em localização era excelente, esquina da Estação Central, que ao contrário do que costumo ver nas cidades por aqui, parecia uma parte novíssima da cidade a uma distancia a pé do castelo Belvedere, tivemos até dificuldades por não existirem determinadas ruas no nosso GPS ou sequer o quarteirão do nosso hotel. (depois conto melhor sobre nosso hotel)

Apesar de também não ter atualizado o blog a esse respeito, foi a minha segunda vez passeando por Viena, que é tão grande que ainda não acho que posso dizer que conheço a cidade. Mas da mesma forma como aconteceu com Salzburgo, minhas visitas a Viena foram complementares e depois conto tudo pra vocês aqui.


                                               


Depois com tempo e espaço dedicado a cada um dos nossos destinos, vou fazer posts sobre cada uma das cidades e visitas que achei interessantes, como ida a mina de sal e tour com degustação na cervejaria Erdinger, e complemento com informações úteis detalhadas para ajudar vocês a montarem o próprio roteiro.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.